Biografia

A soprano Ana Paula Brunkow possui uma voz que se diferencia pela sua unicidade de timbre e cor. Soprano Lírico Pieno de coloratura, pode interpretar diversos personagens do seu vasto repertório com facilidade no registro médio, grave e agudo. Voz dotada de riqueza de harmônicos com uma tessitura homogênea que facilmente se projeta em maneira eficaz no grande espaço teatral. Nascida em Curitiba, iniciou seus estudos musicais aos oito anos dedicando-se ao estudo de piano e em 1990 iniciou seus estudos de canto com os professores Neyde Thomas e Rio Novello, cantores muito importantes nos anos 70/90 com carreira em grandes teatros como La Scala e Metropolitan Opera House.



Estudou repertório com o Maestro Joaquim Paulo do Espírito Santo, Luiz Neri, Ana Laura de Souza, Benhur Cionek, Carlos Assis e Priscila Malanski. Frequentou cursos de aperfeiçoamento musical com a Prof. Anny Stahl da Escola de Musica e Belas Artes de Curitiba e Arte Cênica com Carlos Harmuch, Marta Bonato e Ítalo Nunziata.



Fez parte do coro Lírico do Teatro Guaíra de 1990 a 1998. Em 1993 debutou como solista na Ópera “A Flauta Mágica” de Mozart como 3º gênio.Em 1994 na Opera “Aida” de G. Verdi interpretou a Sacerdotiza no Teatro Guaíra com a Orquestra Sinfônica do Paraná. Também em 1994 interpretou Santuzza da Ópera “Cavalleria Rusticana” de P. Mascagni em pocket opera sob direção do maestro Emanuel Martinez. Em 1995/1996 canta no Concerto “Invocação em Defesa da Pátria” de Villa Lobos com a Orquestra Sinfônica do Paraná, sob a direção do Maestro Emanuel Martinez e Osvaldo Colarusso. Também em 1996 interpretou a Rainha Isabella da Opera “Colombo” de Carlos Gomes regida pelo Maestro Aylton Escobar e Orquestra Sinfônica do Festival de Música de Campos do Jordão.



Foi finalista de diversos concursos dentre eles: 2º lugar no Concurso Carlos Gomes (Campinas/1994), Paolo Tosti (1997) e Maria Callas (1999/2005), 2º lugar no Concurso Aldo Baldin em 2004 tendo a premiação de honra e semi- finalista no Concurso Paolo Tosti na cidade de Ortona na Itália em 2008. Em 2001 participou como solista no Concerto “Tributo a Verdi” interpretando Arias e trechos das operas Il Trovatore e Forza do Destino de G. Verdi, regida pelo Maestro Nilo Valle com a Orquestra Sinfônica de Florianópolis. Também em 2001 no Teatro Municipal de São Paulo interpretou Leonora na Opera “Il Trovatore” de G. Verdi com a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo regida pelo maestro Mario Valério Zaccaro. Em 2002/2003 foi solista do Projeto “Opera Ilustrada” em Curitiba cantando Tosca (Puccini), Leonora em Trovatore (Verdi) e Santuzza em Cavalleria Rusticana (Mascagni).



Em 2004 foi solista da Serie de Concertos Líricos da Rede de TV RPC, em Curitiba, com a Orquestra Sinfônica do Paraná regida pelo maestro Alessandro Sangiorgi.Em 2005 em comemoração a Festa Nacional da República Italiana, cantou como solista no Concerto Gala Lírica no Teatro Guaíra com a Orquestra Sinfônica do Paraná regida pelo maestro Alessandro Sangiorgi. Também em 2005 na cidade de Bebedouro no encerramento do Festival de Música, interpretou Santuzza na Opera “Cavalleria Rusticana” de P. Mascagni com a Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto, regida pelo maestro Emanuel Martinez.Em setembro de 2005 participou do projeto “Um Brasileiro chamado Carlos Gomes” no Centro Cultural Banco do Brasil no Rio de Janeiro, cantando Arias e duetos das Operas “Lo Schiavo”, “Maria Tudor” e “Salvador Rosa” de Carlos Gomes. Em novembro de 2005 participou do Projeto “Uma noite em Paris” experimentando no registro de mezzo soprano cantou árias da Opera Carmem de Bizet, Sanson e Dalila de Saint Seans, e como soprano Lakme(duetto) e Arias de Gounod.Em agosto de 2006 e outubro de 2006 debutou o personagem de D. Anna numa produção da opera “Don Giovanni” de Mozart, e uma co-produção entre Brasil e Itália com o Teatro Guairá de Curitiba e o Conservatório de Musica A. Buzzolla em Adrià, sob a Direção do Maestro Alessandro Sangiorgi e também no Teatro Comunale de Adrià (Rovigo-Italia) No mês de junho/julho de 2007 participa do Concerto Lírico pelo Consulado Italiano em Curitiba, e Bicentenário de G. Garibaldi com a Orquestra Sinfônica do Paraná, regida pelo maestro italiano Andrea Di Mele.



Continua sua colaboração como solista junto as Vesperais Líricas do Teatro Municipal de São Paulo, onde interpretou Leonora em “Il Trovatore” de Verdi, Amélia em “Un Ballo in Maschera” de Verdi, obtendo sempre ótimo sucesso pessoal tanto da critica como do público presente.



Em maio de 2008 debutou o personagem da Princesa Turandot na Opera “Turandot” de Puccini pela Fundação Cultural de Curitiba, no projeto Opera Ilustrada, sob a Direção do maestro Andrea Di Mele. Em fevereiro de 2009 interpretou a Principessa Turandot em uma co-produção entra Itália e Japão no Teatro Marrucino na Itália com a Orquestra do Teatro Marrucino e regida pelo maestro Yorofumi Yoshida. Também em 2009 debutou o personagem de Suor Angélica em Curitiba no projeto Opera Ilustrada direção de Elena Moreno. Em julho de 2009 canto como Santuzza na Ópera “Cavalleria Rusticana” numa produção do Teatro São Pedro de São Paulo , com a Orquestra Apaa e regida pelo maestro Emiliano Patarra, obtendo grande sucesso de público e critica presente em sala.Também em 2009 interpretou Suor Angélica no Teatro Marrucino na cidade de Chieti na Itália com a Orquestra do Teatro e regida pelo Maestro Donato Renzetti.


Em 2010 interpreta Floria Tosca na Opera “Tosca” de Puccini no Teatro São Pedro de São Paulo, regida pela maestrina Ligia Amadio e Orquestra OSUSP, direção cênica de Fernando Bicudo, obtendo com esta interpretação importante critica na Revista L´Opera di Milão (set di 2010 n.250) "Sulla scena una compagnia valida a partire dalla soprano Ana Paula Brunkow, una debutante Tosca, che fa ben sperare che questo potrà essere un personaggio duraturo della sua carriera: la cantante è stata impeccabile, con bel fraseggio e corretto registro grave e acuto; ha ben evidenziato le varie sfacettature del suo personaggio, brillando nella aria (Vissi d´arte) lungamente applaudita. "(Norberto Modeda)



Também no mesmo ano, em outubro de 2010 debutou como Norma de Bellini no Teatro São Pedro de São Paulo regida pelo maestro Emiliano Patarra e Orquestra APAA (Ass. Paulista de Amigos da Arte) direção cênica do cineasta Ugo Georgeti. Em 2011 trabalhou como professora em alguns Festivais de Musica na classe de Canto e performance em Opera. Cantou em concertos no Brasil. Em 2012 canta com um dos grandes cantores da Lírica internacional o baixo Carlo Colombara em um Concerto do projeto “Grandes Vozes” no Teatro São Pedro de São Paulo interprendo duetos e Arias. Trabalhou com a organização de Master Classes com Carlo Colombara  para jovens cantores no Brasil. De 2012 a 2014 participou de diversos concertos pelo Brasil, vem se dedicando a master class de aperfeiçoamento lirico para cantores, em especial no Conservatório de Pernambuco e festivais pelo Brasil.

Em 2015 interpretou novamente Suor Angelica de Puccini sob a regência do maestro  Alessandro Sangiorgi, na Opera de Arame em Curitiba.

Desde 2018 é Diretora e idealizadora do Projeto Noite Lirica na Capela

 

Atualmente, seu repertorio é seguido pelos maestros Alessandro Sangiorgi e Massimiliano Carraro (Italia) e Ricardo Estrada (Espanha).

13483212_1296732033689971_67772510320501
248538_220829214613597_100000595602179_8